TEORIA E MÉTODO DA GEOGRAFIA FÍSICA APLICADA AOS ESTUDOS DE VULNERABILIDADE

Diogo Felipe Santos de Moura, Erick Jordan da Silva Gomes, Dyego Freitas da Rocha, Lutiane Queiroz Almeida

Resumo


O objetivo dessa pesquisa é discutir as diversas concepções teóricas e metodológicas da Geografia Física que são aplicadas aos estudos dos diversos tipos de vulnerabilidade. Trazendo ao leitor, arcabouços teóricos e procedimentos metodológicos já consagrados acerca do tema e os seus múltiplos estudos no âmbito científico. Estando toda esta discussão fundamentada em pesquisas bibliográficas de livros, artigos, dissertações e teses que abordam essa temática que diante do contexto atual tende a desenvolver maior representatividade e receber importância significativa com o passar do tempo. Sendo assim, um estudo de grande importância tanto para a sociedade quanto para a gestão e ordenamento territorial. Pois as pesquisas sobre vulnerabilidade e sua aplicabilidade em diversas escalas espaciais, podem identificar vários problemas com populações de determinadas áreas que estão susceptíveis aos inúmeros tipos de riscos (ambiental, social e saúde humana) e perigos.


Palavras-chave


Vulnerabilidade; Vulnerabilidade ambiental; Vulnerabilidade socioambiental; Risco; Perigo.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26694/equador.v8i2.9246

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista da Pós-graduação em Geografia, do Centro de Ciências Humanas e Letras da UFPI

 ISSN 2317-3491

A Revista está atualmente indexada às seguintes bases de dados: LATINDEX, DIADORIM, IBICT/SEER, SUMÁRIOS.ORG, PERIÓDICO CAPES, GOOGLE ACADÊMICO, GENAMICS JOURNAL SEEK.

A REVISTA EQUADOR faz uso do DOI (Digital Object Identifier), através da associação com o CrossRef.