ANÁLISE CLIMÁTICA DA REGIÃO DE SALTO DO CÉU, CABECEIRA DO PANTANAL: UMA CARACTERIZAÇÃO NECESSÁRIA.

Allisom Cordeiro Bessa de Oliveira, Ernandes Sobreira Oliveira Junior, Claumir Cesar Muniz

Resumo


Estudos climáticos têm levantado a questionamentos quanto as mudanças climáticas e seus efeitos em várias regiões do planeta. A região de Salto do Céu, áreas altas do Pantanal, onde se localizam várias nascentes que abastecem rios do Pantanal, vêm sofrendo com a redução dos recursos hídricos. Assim, o objetivo deste estudo é realizar um levantamento de dados referente à temperatura e o regime de chuvas da região de Salto do Céu em uma série histórica de 2008, instalação da estação meteorológica na região, a 2020. Os dados obtidos dão base a uma série histórica dos efeitos da dinâmica da temperatura e do regime de chuvas sobre a região. O presente estudo demonstrou uma tendência ao aumento da temperatura nos últimos anos, e que culmina com uma redução na precipitação acumulada. Ainda, os resultados destacam que os últimos anos tem apresentado níveis de chuva abaixo do nível crítico (25% abaixo da média), indicando seca severa. Estes resultados chamam a atenção para as mudanças climáticas afetando a região de Salto do Céu e devem ser levados em consideração quando se fala em uso e manejo dos recursos hídricos.

Palavras-chave


Mudanças climáticas; Climatologia; Gestão de Recursos Hídricos.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26694/equador.v10i2.12870

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista da Pós-graduação em Geografia, do Centro de Ciências Humanas e Letras da UFPI

 ISSN 2317-3491

A Revista está atualmente indexada às seguintes bases de dados: LATINDEX, DIADORIM, IBICT/SEER, SUMÁRIOS.ORG, PERIÓDICO CAPES, GOOGLE ACADÊMICO, GENAMICS JOURNAL SEEK.

A REVISTA EQUADOR faz uso do DOI (Digital Object Identifier), através da associação com o CrossRef.